O que é temperatura da cor?
A temperatura de cor num produto de LED refere-se ao tom de cor que ela emite ao ambiente e é medida na escala de kelvin (K). É possível perceber ela através da cor da luz: quanto mais quente (menor o valor na escala Kelvin), mais amarelada é a luz; e, quanto mais fria (maior o valor na escala Kelvin), mais azulada é a luz.

Escala de Kelvin para temperatura de cor:
⦁ 2000K-3000K: Ela emite um tom laranja amarelado, muito semelhante às antigas incandescentes;
⦁ 3100K-4500K: Lança um brilho branco brilhante, trazendo a sensação da luz de “dias nublados”;
⦁ 4600K-6500K: Ela remete a um branco mais brilhante, um pouco azulado e sua tonalidade é bem intensa.

Uso em cada ambiente
Existem algumas recomendações de diferentes temperaturas de luz para cada ambiente específico. Dê uma conferida!
Branco Quente
O Branco Quente, ou Luz Amarela, é a temperatura de cor mais laranja/amarelada. Ela causa um efeito de ambientes com luz baixa, sendo relaxante e trazendo maior aconchego.
Devido a isso, essa temperatura de cor é recomendada para ambientes onde requer menos atenção ou ambientes mais íntimos.

Branco Neutro
A Luz Neutra possui um tom mais branco do que a anterior, ficando em um meio-termo entre o tom amarelado e o azulado. É um muito confortável aos olhos, mas sem trazer
a sensação de relaxamento e aconchego como o Branco Quente.
Por isso é aconselhado para ambientes que exijam maior atenção ou que se vá permanecer por muitas horas.

Branco Frio
A Luz Branca, ou temperatura de cor Branco Frio, possui um tom azulado, o que traz um aspecto de luz clara, bem brilhante. Ela é a cor da luz mais parecida com a luz de um dia bem claro. Isso faz o nosso organismo acreditar é sempre dia nos ambientes que tem essa luz. Por isso, ela é muito recomendada para ambientes que requerem bastante atenção ou muita atividade.

Gostou das dicas e agora não sabe onde comprar? Dá uma olhadinha aqui!